ÁSIA/FILIPINAS - Padre Bossi, missionário exemplar, construtor de pontes e... de igrejas

Terça, 25 Setembro 2012

Zamboanga (Agência Fides) - "Padre Bossi foi um grande exemplo de vida missionária, vivida até o fim. Era animado por um espírito missionário autêntico, feito de simplicidade e de compartilha com os pobres. Todos o recordam como pessoa gentil e generosa, que doou a si mesmo sem se poupar”: com estas palavras, proferidas à Agência Fides, pe. Sebastiano D'Ambra, PIME, missionário há quase 40 anos no Sul das Filipinas, recorda o seu irmão do Pontifício Instituto das Missões no Exterior, pe. Giancarlo Bossi, 62 anos, falecido há dois dias na Itália em consequência de um tumor. Pe. Bossi viveu mais de 30 anos como missionário no Sul das Filipinas servindo cristãos e populações tribais, comprometendo-se no diálogo de vida com as comunidades muçulmanas residentes na ilha de Mindanao.
Padre D'Ambra ressalta à Fides: "A população local o recorda como construtor de pontes de amizade e de harmonia, mas também como construtor de igrejas: pe. Bossi se divertia com trabalhos manuais, trabalhava como carpinteiro e em Payao (na região de Zamboanga), onde passou muitos anos em missão, ele mesmo construiu a Igreja e a casa paroquial, inaugurando a presença missionária em uma área onde as relações entre cristãos e muçulmanos eram tensas e marcadas pelo medo. A baia de Payao, vista sua posição geográfica, foi muitas vezes refúgio de grupos rebeldes armados e isso gerava medo entre as comunidades cristãs e tribais que moram na região mais interior”. Surpreendeu-me muito – prossegue pe. D'Ambra - o espírito com que aceitou o evento que marcou a sua vida: o sequestro de 2007, quando permaneceu 40 dias em mãos de um grupo criminoso. Considerou aquela experiência como uma peregrinação espiritual e uma oportunidade de anúncio. Aos jovens, referindo-se à sua vida, dizia: 'Deixem-se capturar por Cristo!'. E não transformou a notoriedade obtida depois do sequestro em glória pessoal, mas exclusivamente em ocasião de evangelizar, simplesmente, de todos os púlpitos nos quais era chamado a dar o seu testemunho”. (PA) (Agência Fides 25/9/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network