ÁSIA/CHINA - A paróquia de Cai Bang da cidade de Xian Tao, lugar de encontro para 800 fiéis, destruída "na indiferença total das autoridades locais"

Terça, 18 Setembro 2012

Xian Tao (Agência Fides) - Os mais de 800 fiéis da paróquia de Cai Bang da cidade de Xian Tao, na província de Hubei, descobriram com grande tristeza que a sua igreja foi destruída em torno das 16h (hora local) de 14 de setembro. Não podiam acreditar no que viram: a estrutura principal da igreja foi queimada, os restos dos dois portões, severamente danificados, foram empilhados em frente às ruínas da igreja, e dentro o templo foi devastado. Os fiéis imediatamente apresentaram queixa à polícia e à autoridade local. O pároco Pe. Zhang Wei disse à Faith de Hebei, "que deles tivemos uma total indiferença".
O sacerdote conta: "nós católicos do povoado de Cai Bang sempre tivemos um bom relacionamento com todos, somos cidadãos honestos, cumpridores da lei do estado, apoiamos totalmente o projeto de desenvolvimento de todo nível de governo. Somos irmãos e irmãs de todos, nunca tivemos problemas com ninguém. Mais de um ano atrás, esta área começou a ser transformada em área industrial e os agricultores foram atribuídos novos destinos pelas autoridades. Nós sempre oferecemos total cooperação e disponibilidade, estando também dispostos a transferir a igreja para outro lugar para atender à exigência da construção da zona industrial. Infelizmente não havia nenhum projeto concreto para o novo local da igreja, porque algumas autoridades locais e funcionários do Gabinete da demolição, para obter mais interesses econômicos pessoais, continuaram a modificar o acordo para a igreja. Hoje, os agricultores se transferiram para as novas moradias, ficou só a igreja no meio da obra. Depois da Páscoa começaram a tirar energia elétrica e água".
Depois da destruição da igreja, seguindo a história de Pe. Zhang em Faith, "juntamente com os fiéis católicos, apresentei os seguintes pedidos ao Gabinete de Assuntos Religiosos da cidade de Xian Tao, na Secretaria de Segurança Pública de Xian Tao e outras autoridades locais em causa: 1. As autoridades envolvidas investiguem sobre os responsáveis pelo incêndio e restaurarem a dignidade sagrada de nossa igreja; 2. Estamos indignados com a indiferença das autoridades locais, que feriu a dignidade dos católicos, sacerdotes e fiéis, ignorando o nosso sofrimento; 3. Após resolvido o problema, deve ser restituída a nossa igreja, de acordo com a lei e observando escrupulosamente as regras da política religiosa e dos documentos da Secretaria de Estado, para que mais de 800 fiéis do povoado de Cai Bang possam ter uma casa"!
A Igreja de Cai Bang ocupa cerca de 333 metros quadrados e foi construída em maio de 1993 sobre as ruínas de uma igreja que foi destruída em 1954. É o único ponto de encontro para cerca de 800 fiéis. (NZ) (Agência Fides 2012/09/18)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network