AMÉRICA/BOLÍVIA - "Migração e nova evangelização": no próximo domingo, a Jornada do Migrante

Sexta, 7 Setembro 2012

Santa Cruz (Agência Fides) – Domingo que vem, 9 de setembro, a Igreja na Bolívia celebra a Jornada nacional do migrante e do refugiado, com o slogan: "Migração e nova evangelização". Este ano, as principais atividades serão em Santa Cruz, onde o Card. Julio Terrazas, Arcebispo de Santa Cruz de la Sierra, no encerramento da jornada, presidirá a concelebração eucarística, à qual seguirá uma grande feira, organizada pela Pastoral da Mobilidade Humana.
"O slogan Migração e Nova Evangelização quer focar a atenção no fato que nossos emigrantes bolivianos, quando partem, levam consigo a própria cultura religiosa e, ao mesmo tempo, os migrantes que chegam trazem suas próprias devoções” – disse o responsável nacional da pastoral dos migrantes, Mario Videla. Pelo menos três milhões de bolivianos emigraram para o exterior. “A Argentina é o país que acolheu o grupo mais numeroso, com cerca de 1.200.000 bolivianos; os outros estão distribuídos no Brasil, com 600.000 emigrados, Espanha e Estados Unidos. Sabemos que há bolivianos também na Suécia, Finlândia e Países Baixos” – afirmou Videla. Não obstante os esforços para combater a pobreza por parte do governo nacional, os bolivianos estão deixando o país porque não existem condições econômicas para que permaneçam.
Na nota enviada à Agência Fides, lê-se que nestes dias, em Santa Cruz, realiza-se a IV Conferência Internacional sobre o tráfico de pessoas, da qual participa também a Pastoral da Mobilidade Humana. Participarão também deste encontro especialistas internacionais de vários países e responsáveis de instituições da Bolívia, para estabelecer linhas de orientação para a assistência às vítimas do tráfico e contrastar o tráfico de seres humanos na Bolívia. (CE) (Agência Fides, 07/09/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network