ÁFRICA/SUDÃO - Outros bombardeios no Nilo Azul

Terça, 31 Julho 2012

Cartum (Agência Fides) - Os "Antonov" sudaneses (aviões de transporte convertidos em bombardeiros) lançaram 37 bombas sobre povoados e civis no Estado do Nilo Azul, refere o Sudan Catholic Radio Network que cita Arnu Ngattulu Lodi, porta-voz do SPLM-Norte (Movimento de Libertação do Povo Sudanês-Norte), grupo guerrilheiro que luta no Estado, pertencente ao Sudão e confinante com o Sudão do Sul.
Segundo o porta-voz, as bombas atingiram o povoado de Ora-Balila, matando três civis e ferindo outros 11.
Ngattulu acrescentou que o novo bombardeio tem como objetivo bloquear a possibilidade de chegar a um acordo sobre a situação humanitária no Estado do Nilo Azul e das Montanhas Nuba, nas conversas indiretas de Adis Abeba, na Etiópia.
Na capital etíope, são realizadas negociações sob a mediação da União Africana para resolver as disputas territoriais relacionadas com a divisão das rendas do petróleo entre o Sudão e Sudão do Sul. Os dois Estados se acusam mutuamente de apoiar grupos armados de oposição que operam em seus territórios, entre os quais o SPLM-Norte. Cartum acusa Juba de fornecer assistência a este movimento que também se refere em seu nome ao atual partido no poder no Sudão do Sul (SPLM).
Entre os territórios em disputa entre os dois países estão as Montanhas Nuba que fazem parte do Estado sudanês do Nilo Azul. As tensões entre os dois países levaram a incidentes de fronteira e ao bombardeio da parte da aviação de Cartum de algumas áreas do Sudão do Sul. O último ataque ocorreu em 20 de julho, quando aviões sudaneses atacaram um povoado no Estado sul-sudanês de Bahr-El-Ghazal-Norte. (L.M.) (Agência Fides 31/7/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network