http://www.fides.org

Africa

2012-06-28

ÁFRICA/ZÂMBIA - 60% dos centros de saúde nas áreas rurais são administrados pela Igreja Católica

Lusaka (Agência Fides) – Teve início ontem, em Lusaka, o V Congresso da Região Africana Anglófona do CICIAMS (Comissão Internacional Católica das Enfermeiras e Assistentes Médico-Sociais). No início dos trabalhos tomou a palavra o Núncio Apostólico em Lusaka, Dom Julio Murat, e o Ministério da Saúde zambiano, Dr. Kasonde, que falou em nome do Governo. Em seu discurso, o ministro agradeceu a Igreja Católica por seu compromisso, qualitativo além de quantitativo, em favor da saúde: a este respeito também afirmou que a Igreja administra 60% dos serviços de saúde disponíveis nas áreas rurais. Ele expressou a vontade do governo zambiano de continuar colaborando com a Igreja neste setor, muito importante para o país. Dentre os palestrantes, Dom Jean Marie Mate Musivi Mupendawatu, Secretário do Pontifício Conselho da Pastoral para os Agentes de Saúde, tomou a palavra e falou para mais 300 enfermeiras e enfermeiros católicos provenientes de vários países anglófonos: Zâmbia, Zimbábue, Nigéria, Maláui, Quênia, Tanzânia, África do Sul, Estados Unidos, Escócia e Irlanda. Na segunda-feira, 25 de junho, o Secretário do Pontifício Conselho acompanhado pelo Bispo responsável pela Pastoral da Saúde e pela Coordenadora Nacional zambiana da Pastoral da Saúde, Irmã Matilda Mubanga, visitou vários centros de saúde católicos em Lusaka, dentre eles o novo hospital da Conferência Episcopal do Zâmbia, Cardeal Adams Memorial Hospital, o Francis Zambian-Italian Orthopedix Hospital para crianças portadoras de deficiência, e o Our Lady's Hospice Kalingalinga que cuida dos portadores de HIV-AIDS. (AP) (28/6/2012 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network