http://www.fides.org

Europa

2003-05-08

EUROPA/ESPANHA - A VISITA DO PAPA ABRIU UMA NOVA ETAPA DE EVANGELIZAÇÃO PARA A ESPANHA: SER MISSIONÁRIOS NÃO SIGNIFICA RENUNCIAR À PRÓPRIA REALIZAÇÃO. UM COMENTÁRIO DE S.E. DOM PEREZ GONZALEZ

Madri (Agência Fides) – Dom Francisco Pérez Gonzaléz, Bispo de Osma-Soria e Diretor Nacional das Pontifícias obras missionárias na Espanha, comenta para a Agência Fides a recente Viagem apostólica de Sua Santidade João Paulo II na Espanha, entre 3 e 4 de maio.
“ Creio que o encontro do Papa com mais de 700.000 jovens, tenha sido um momento de graça. O ambiente era semelhante àquele de uma nova Pentecostes. a oração, os testemunhos, o discurso do Papa João Paulo II nos solicitaram para a “nova missão” de Evangelização no terceiro milênio. Os jovens se sentiam atraídos pela sua voz e pelo seu testemunho de mestre que refletia em seu rosto aquele de Mestre. Na Espanha, abriu-se uma nova etapa para a evangelização. o desafio que lançou o papa foi importante para estes novos tempos, agora cabe a nós continuar a cultivar esta semente que foi lançada abundantemente. Os jovens estavam entusiasmados. estou certo que as vocações aumentarão.
Um aspecto muito importante é aquele de transmitir a fé com o testemunho da vida. No aeroporto de “Quatro ventos” se vislumbrou uma nova forma de ser missionários: com o testemunho e com a doação generosa aos outros por amor de Cristo. O Papa nos disse que vale a pena amar cristo. “Eu sou um jovem de 83 anos porque há 52 anos escolhi a Cristo” disse o Papa aos jovens.
Estou certo que os jovens aprenderam, ou pelo menos perceberam, que ser missionário hoje não se contrapõem à justa realização da pessoa. Para ser missionários se requer apenas deixar que Deus desenvolva seu plano em nós. grupos numerosos de jovens espanhóis partem para outros lugares, ainda que devem sacrificar as suas férias, para viverem a fé e levá-la com simplicidade e humildade a outros que não conhecem Jesus Cristo. A visita do Papa ajudará certamente este esforço missionário”. (R.Z) (Agência Fides 8/5/2003; linhas: 27 , palavras: 339)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network