AMÉRICA/HONDURAS - Querem calar a verdade: a Igreja pede esclarecimentos sobre o assassinato do jornalista

Sexta, 18 Maio 2012

Tegucigalpa (Agência Fides) – São vários os comunicados enviados à Agência Fides que relatam a voz da Igreja sobre o assassinato do renomado jornalista Alfredo Villatoro, sequestrado (ver Fides 12/05/2012) e, posteriormente encontrado morto na terça-feira, 15 de maio. De San Pedro Sula (Honduras), as palavras de Dom Rômulo Emiliani Sánchez, C.M.F, Bispo auxiliar da diocese, são claras: "Para mim é uma tragédia que afeta toda a imprensa e televisão no país. É um golpe ao coração do sindicato jornalistas. É um evento alarmante e condenado por todos aqueles que têm uma consciência". O bispo auxiliar de San Pedro Sula acredita que se queira calar a verdade e que o governo tem a responsabilidade de esclarecer este crime. De Roma, o Cardeal Oscar Andrés Rodríguez Maradiaga, Arcebispo de Tegucigalpa (Honduras), manifestou tristeza e indignação com a morte violenta do "amigo jornalista", segundo suas palavras. "Parece impossível que há pessoas tão cheias de maldade que são capazes de tirar a vida de outro ser humano. Não é assim que construiremos uma Honduras melhor, assim a estão apenas destruindo", disse o cardeal que em seguida acrescentou: "A vida é um dom de Deus. A ninguém, mas ninguém é permitido tirá-la. O sangue de Alfredo e muitos outros inocentes gritam para o céu, e se a justiça da Terra não os alcançará, não escaparão certamente da justiça de Deus esses assassinos covardes". (CE) (Agência Fides, 18/05/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network