EUROPA/ITÁLIA - African day: garantir às mães e às crianças africanas o direito à saúde

Sexta, 18 Maio 2012

Pádua (Agência Fides) - Na Itália, a cada 100 mil crianças que nascem, morrem, por várias causas, 12 mães. No Sudão do Sul, morrem 2.054, ou seja, 170 vezes a mais. Por ocasião do Dia Mundial para a África, instituída em memória da fundação da União Africana em 25 de maio de 1963, de 21 a 27 de maio a organização Médicos com a África Cuamm vai ao encontro dos italianos para promover o direito das mães africanas a um parto gratuito e seguro, além do direito à saúde das populações africanas. Serão cinco dias que envolverão centenas de voluntários e dezenas de eventos. O African Day prevê a presença de pontos de informação nas principais cidades italianas, onde é possível aderir ativamente para a campanha "As mães e as crianças em primeiro lugar". Não faltarão espetáculos e eventos (concertos, encontros, mostras) para aproximar ainda mais a cultura africana. A iniciativa é organizada e promovida por grupos locais do Cuamm, em colaboração com outras realidades do mundo do voluntariado. (AP) (18/5/2012 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network