OCEANIA/PAPUA NOVA GUINÉ - Diácono e meio-campista: uma vida para Jesus, na Igreja e nos campos de futebol

Terça, 15 Maio 2012

Cidade do Vaticano (Agência Fides) – A fé em Cristo e o seu Evangelho são sempre “a fortaleza para a sua vida”, seja entre os muros de uma igreja, seja no gramado de um campo de futebol: Christian Sieland, 32 anos, seminarista da Papua Nova Guiné que está estudando em Roma, foi ordenado diácono na capital italiana no sábado, 12 de maio. Como refere a Fides, o que ele viveu foi “um final de semana memorável”: no dia da sua ordenação diaconal foi declarado “melhor jogador” da "Clericus Cup", competição de futebol entre sacerdotes e seminaristas de Roma, que chega a sua sexta edição, que teve como campeão o Pontifício Colégio Norte-americano.
Christian competiu no time do Pontifício Colégio Urbano, onde reside, e se sobressaiu como um dos melhores meio-campistas do torneio, mesmo que seu time não tenha disputado a final.
Feliz com o inesperado reconhecimento recebido pela manhã pela Clericus Cup, na tarde de 12 de maio Christian foi ordenado diácono em S. Pedro pelo Cardeal Fernando Filoni, Prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, junto a 16 estudantes do Pontifício Colégio Urbano "de Propaganda Fide", enquanto 4 diáconos foram ordenados sacerdotes. Os ordenandos provinham de África, Ásia, América e Oceania,
Christian Sieland vem da diocese de Chimbu e está completando os estudos bíblicos. Deve ser ordenado sacerdote em Papua Nova Guiné no próximo ano. Christian tem origem alemã, pois nasceu de um casal de voluntários leigos católicos que chegou a Papua Nova Guiné cerca de 50 anos atrás. Seu lema é “seguir Jesus e servi-lo em Papua Nova Guiné", onde não faltam igrejas e gramados para o jogo. (PA) (Agência Fides 15/5/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network