OCEANIA/PAPUA NOVA GUINÉ - Instituído o Dia nacional da escola católica

Quarta, 2 Maio 2012

Port Moresby (Agência Fides) – Será uma iniciativa para contribuir a reforçar a identidade das escolas católicas no país: o “Dia Nacional da Escola Católica”, que acaba de ser aprovado pela Conferência Episcopal de Papua Nova Guiné e Ilhas Salomão, se realizará todos os anos em 15 de maio, por ocasião da festa de São João Batista De La Salle, Padroeiro dos professores em todo o mundo. Segundo as notícias fornecidas pela Igreja local à Agência Fides, não será um dia de férias, mas estudantes e professores organizarão atividades religiosas, sociais e educativas em suas respectivas escolas. Nas comunidades de Papua e Salomão, já tiveram início os preparativos para o próximo Dia, que envolve toda a Igreja, enquanto a missão nesses países se realiza principalmente através do serviço de instrução. Em Papua Nova Guiné, existem três tipos de escolas: públicas governamentais, as patrocinadas pela Igreja Católica e as administradas pela Igreja protestante. Os institutos administrados pelas Igrejas dão uma contribuição fundamental para a sociedade, especialmente para o desenvolvimento das novas gerações. O índice de analfabetismo é ainda muito alto: chega a 28,6% dos homens e 44% das mulheres com idade superior aos 15 anos. As Igrejas cristãs hoje gerem 70% da instrução oferecida no país e sua contribuição ao desenvolvimento social e cultural da nação é amplamente reconhecida.
Em especial, os Irmãos das Escolas Cristãs (seguidores de S. João Batista De La Salle), presentes em 84 países do mundo, chegaram a Papua Nova Guiné em 1946. Atualmente, administram o "Hohola Youth Development Center" em Port Moresby, a Mainohana Secondary School na província central da ilha, e ensinam no Saint Trinity Teachers College de Mount Hagen. A comunidade católica em Papua está bem radicada e conta hoje cerca de 1,6 milhões de fiéis. (PA) (Agência Fides 2/5/2011)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network