AMÉRICA/CUBA - O governo de Cuba abre um site para a visita do Papa

Quarta, 14 Março 2012

Havana (Agência Fides) – “Este é um povo corajoso!” – afirma Esteban Lazo Hernandez, vice-presidente do Conselho de Estado de Cuba, referindo-se “ao sincero acolhimento, alegre e bem organizado, com plenas garantias de segurança, ordem e disciplina”, além dos serviços que serão oferecidos aos turistas, à imprensa e a todos que virão a Santiago de Cuba para a visita de Bento XVI, Chefe de Estado da Cidade do Vaticano. Estas palavras estão na primeira notícia do site aberto ontem pelo governo Cubano por ocasião da visita do Santo Padre. O site traz todas as informações sobre a visita do Papa Ratzinger, o segundo Papa que visita a ilha depois de João Paulo II, em 1998. Além do programa oficial da visita, há artigos de atualidade e dados significativos para o mundo católico, como a biografia do sacerdote Felix Varela e um vídeo sobre a Cidade do Vaticano. Os visitantes do site podem também baixar um vídeo sobre a histórica visita de João Paulo II em Cuba.
A visita de João Paulo II marcou o novo início nas relações entre a Igreja e o Estado depois de décadas de afastamento. O Jornal oficial cubano "Granma" descreveu como ‘excelentes’ as relações com o Vaticano, em vista da visita de Bento XVI. A Igreja nos últimos anos foi uma importante protagonista social e uma interlocutora constante do governo. Como prova desta situação, o Arcebispo de Havana, o Cardeal Jaime Ortega, compareceu ontem, 13 de março, na TV de Estado, para falar da visita pastoral do Santo Padre. O Jornal "Granma" publicou também um editorial que “acolhe” Bento XVI em sua visita de 26 a 28 de março. (CE) (Agência Fides, 14/03/2012)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network