http://www.fides.org

America

2012-02-20

AMÉRICA/PANAMÁ - Novas tensões entre governo e indígenas, o diálogo adiado para depois do carnaval

Cidade do Panamá (Agência Fides) – Os líderes indígenas da etnia Ngäbe Buglé e os representantes do governo panamense suspenderam as negociações sobre a nova lei que limita as extrações minerárias e defende os recursos hídricos nos territórios indígenas até o dia 27 de fevereiro. Um dos quatro grupos indígenas, os Vigui, bloqueou a Estrada Internacional Pan-americana e não deixa ninguém passar. O Presidente da Conferência Episcopal do Panamá, Dom José Luis Lacunza, Bispo da Diocese de David, leu à imprensa uma declaração assinada pelos negociadores, na qual se confirma que já existe um acordo para eliminar a exploração minerária na região de Ngäbe Buglé, mas existem outros aspectos ainda por definir.
Dom Lacunza é o mediador entre as duas partes, depois que, entre 31 de janeiro e 5 de fevereiro, os índios bloquearam a Estrada Pan-americana, a maior artéria do país, que foi em seguida reaberta depois de violentos confrontos com a polícia, que causaram dois mortos e dezenas de feridos (veja Fides 09/02/2012). A partir de 7 de fevereiro tiveram início as negociações, que agora foram suspensas até segunda-feira, 27 de fevereiro, para permitir as comemorações de carnaval.
Justamente por este motivo, a líder do Grupo Ngäbe Buglé, Silvia Carrera, expressou seu desprazer pela interrupção do diálogo e definiu o Governo “irresponsável” e “incapaz”, mas depois pediu aos seus concidadãos que concedam uma trégua até a data anunciada para a retomada dos colóquios. De fato, assim que se soube das interrupção do diálogo, dezenas de indígenas bloquearam a estrada Pan-americana em quatro pontos da zona ocidental, justamente no momento em que milhares de panamenses estão saindo da capital em direção ao centro e à parte ocidental do Panamá para o carnaval.
Vários líderes Ngäbe Buglé, com exceção dos Vigui, disseram à imprensa que aceitaram a trégua, mas permanecerão atentos às margens da Estrada Internacional Pan-americana até o dia 27. Na região dos Vigui, na província central de Veraguas, os indígenas, ao invés, bloquearam a estrada até esclarecer a situação com a "Chefe Silvia Carrera". Vigui está a cerca de 300 km a oeste da capital do Panamá, e é uma das áreas estratégicas de acesso à região. (CE) (Agência Fides, 20/02/2012)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network