ÁSIA/SRI LANKA - As chuvas intensas colocam 38 mil pessoas em risco. Teme-se o transbordamento das digas

Sexta, 23 Dezembro 2011

Colombo (Agência Fides) – Mais de 38 mil pessoas do norte de Sri Lanka foram desalojadas por causa das intensas chuvas e inundações que estão ocorrendo nestes dias na ilha. Mais de dez mil famílias foram evacuadas em quatro distritos da província setentrional. A área mais gravemente atingida são os distritos de Kilinochchi, controlados no passado pelos Tigres Tâmeis. Somente em Kilinochchi 14.456 pessoas foram transferidas. Destas, 5 mil foram mandadas a 31 acampamentos. Outros distritos duramente atingidos foram Mannar, Jaffna e Mullaitive, que estavam lentamente se recuperando depois de 30 anos de guerra civil. Para enfrentar a emergência, foram instituídos 41 centros de assistência, engajados 24h por dia na distribuição de ajudas. As 33 maiores digas do país podem transbordar e o Departamento de Irrigação alertou a população que vive nas áreas mais baixas para manterem sob controle o aumento do nível das águas. O Departamento Meteorológico nacional prevê ulteriores chuvas intensas e ventos fortes no norte e no leste do país, por causa da intensificação das monções de nordeste. (AP) (23/12/2011 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network