http://www.fides.org

Europa

2011-10-12

EUROPA/FRANÇA - Comemoração de Pauline Jaricot, fundadora da Pontifícia Obra para a Propagação da Fé: em 9 de janeiro em Lião

Lião (Agência Fides) - Em 9 de janeiro de 2012 marca os 150 anos de nascimento da Venerável Pauline Marie Jaricot Heaven (1799-1862), fundadora da Pontifícia Obra para a Propagação da Fé. Para esta ocasião na segunda-feira, 9 de janeiro de 2012 se celebrará em Lião (França), onde nasceu e foi sepultada, um dia memorial na presença do Cardeal Philippe Barbarin, Arcebispo de Lião, primaz das Gálias, Presidente da Associação Francesa das Pontifícias Obras Missionárias. Segundo as informações enviadas à Agência Fides por Pe. Pierre-Yves Pecqueux, Diretor Nacional das Pontifícias Obras Missionárias na França, o programa do dia de comemoração inclui uma conferência às 9h30, seguida por uma mesa redonda. Às 14h30 a visita à casa de Pauline Jaricot e à Basílica de Nossa Senhora de Fourvière; às 16h30 as Vésperas e às 18h30 a Missa em São Nizier, onde jazem seus restos mortais.
Pauline Marie Jaricot nasceu em 22 de julho de 1799 numa família burguesa de Lião. Viveu uma infância e uma adolescência rica e mundana. Com apenas dezessete anos, após uma doença grave e a morte da mãe, abalada pela pregação de seu pároco, começou uma vida de intensa oração e uma viagem profunda de reparação e caridade. Aos 19 anos, reúne as garotas que trabalham em fábricas e fundou a Associação das Reparadoras. Seguindo seu irmão, que mais tarde se tornou sacerdote, que era membro da Associação de jovens e adultos da Sociedade para as Missões Exteriores de Paris (MEP), cujos membros se comprometeram a orar e recolher ofertas para ajudar as missões no Extremo Oriente, também Pauline e as Reparadoras dedicar-se à causa missionária. Nascem grupos de 10 pessoas, cada uma das quais deve esforçar-se para encontrar dez outras outras pessoas que oram e doam a cada semana "um centavo" para as missões. O projeto cresce rapidamente: em 20 de outubro de 1820 já existem mais de 500 membros no que se chamará Associação para a Propagação da Fé, cuja fundação oficial se realiza em 3 de maio de 1822. Nos anos seguintes, o trabalho se expande n a França, na Europa e no mundo, mantendo uma estreita relação com a Congregação de Propaganda Fide. Em 1826, Pauline Jaricot promove o Rosário Vivo: um grupo de quinze pessoas se comprometem a orar todos os dias um mistério do Santo Rosário para a conversão dos pecadores e meditar o mistério de sua escolha. Esta iniciativa logo se espalhou por todo o mundo. Os últimos dez anos de sua vida são marcados por dificuldades e adversidades de todos os tipos. Morre em 9 de janeiro de 1862. Em 3 de maio de 1922 o Papa Pio XI declara a Obra de Propagação da Fé "Pontifícia". O Papa João XXIII reconhece as virtudes heróicas de Pauline Jaricot em 25 fevereiro de 1963. Para mais informações sobre o Dia da Comemoração: jubilepauline@opm-cm.org. (SL) (Agência Fides 12/10/2011)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network