http://www.fides.org

Africa

2011-09-22

ÁFRICA/BURUNDI - Presas uma dezena de pessoas relacionadas com o atentado de Gatumba.

Bujumbura (Agência Fides) – As autoridades burundinesas anunciaram a prisão de uma dezena de pessoas relacionadas com o massacre do dia 18 de setembro em um bar de Gatumba (ver Fides 21/9/2011), que tem um balanço de 39 mortos. Um comunicado oficial afirma que uma parte dos terroristas é proveniente da República Democrática do Congo, onde os ex-rebeldes das Forças nacionais de liberação (FNL) conservam suas bases em retaguarda. Seu líder, Agathon Rwasa, caiu na clandestinidade em 2010 e é suspeito de ser o responsável pela onda de violência que atingiu recentemente o Burundi. Nos últimos anos, a FNL tinha chegado a um acordo de paz com o governo de Bujumbura.
Enquanto isso, está provocando polêmica a decisão das autoridades de proibir aos meios de comunicação locais de “publicar, comentar ou analisar” as notícias sobre o atentado de Gatumba. Foram também proibidas as transmissões diretas de rádio e televisão com finalidade política durante todo o tempo que durar o inquérito sobre o atentado de Gatumba. Esta última decisão provocou o temor dos jornalistas independentes de que seja imposta censura sobre fatos relacionados com a corrupção e com os assassinatos sem julgamento. (L.M.) (Agência Fides 22/9/2011)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network