http://www.fides.org

Africa

2004-10-14

ÁFRICA/CAMARÕES - Reeleito o Presidente. Forte perplexidade em muitos setores da sociedade e dúvidas sobre as reais capacidades da oposição, que contesta os resultados

Yaoundé (Agência Fides)- Prevê-se uma vitória contestada para o Presidente camaronês, Paul Biya, nas eleições presidenciais realizadas segunda-feira, 11 de outubro (veja Fides 9 de outubro de 2004). A oposição afirma, de fato, que o escrutínio foi feito de maneira irregular. A apuração dos votos ainda não foi completada, mas os resultados definitivos de um 1/3 dos departamentos dão a vitória certa para o atual Presidente.
Também o Arcebispo de Douala, o Cardeal Christian Timi, expressou fortes reservas sobre a ação do atual Presidente. De acordo com o Arcebispo, em declarações à France Presse, o poder político de Camarões ignorou completamente as exigências dos jovens, comprometendo o futuro do país. O Cardeal Tumi afirma que “as pessoas não têm meios para viver decentemente, diversas famílias não têm a possibilidade de mandar os filhos para a escola”. O Cardeal denuncia os outros males que afligem a sociedade de Camarões: criminalidade que torna a vida cotidiana das pessoas insegura; corrupção e impunidade dos funcionários que consideram o bem público somente como um meio para enriquecer-se; infra-estruturas abandonadas.
O Arcebispo de Douala critica também a oposição porque é incapaz de construir uma alternativa crível para o atual poder e se declara cético sobre o corretismo do voto: “Desde a independência (1960) nunca tivemos eleições transparentes”. (L.M.) (Agência Fides 14/10/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network