http://www.fides.org

Africa

2004-10-14

ÁFRICA/BURUNDI - Reunião em Nairóbi para que o processo eleitoral em Burundi progrida

Bujumbura (Agência Fides)- Para tentar revolver a complexa questão eleitoral de Burundi, abriu-se hoje, 14 de outubro, em Nairóbi (Quênia), um vértice regional do qual participam os principais chefes de Estado e de governo da África central e oriental.
O país está atravessando uma fase muito delicada. Em 31 de outubro está previsto o fim do chamado período de transição e a realização de novas eleições. Em 30 de setembro passado, porém, foi adiado sine die o referendum para a aprovação da nova Constituição (veja Fides de 1° de outubro de 2004). Como consequência, também as eleições foram adiadas sem data estabelecida.
As atuais instituições são definidas “transitórias” porque o Parlamento e a Presidência da República nasceram com base nos acordos de Arusha (Tanzânia) de 2000, que prevêem uma compartilha do poder entre os partidos tutsi e hutu. Segundo os acordos, nos primeiros meses de governo, o presidente é um tutsi e o vice-presidente um hutu; nos sucessivos 18 meses, a situação é inversa. Este complexo esquema serve para superar as desconfianças recíprocas entre grupos rivais divididos por anos de lutas.
Segundo alguns diplomatas presentes em Nairóbi, a proposta que emergirá do vértice é prolongar o mandato do atual Presidente, Domitien Ndayizeye, que expira em 1° de novembro, até que não se realizem as eleições. (L.M.) (Agência Fides 14/10/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network