http://www.fides.org

Vaticano

2003-07-15

VATICANO - O PAPEL DO PONTIFÍCIO CONSELHO PARA O DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO NA PROMOÇÃO DAS RELAÇÕES FRATERNAS A SERVIÇO DA PAZ

Cidade do Vaticano (Agência Fides) – O Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso organizou uma reunião para os seus membros, consultores e alguns convidados, no Convento de Santo Tomé, do Patriarcado Grego-Melquita católico em Saydnaya (Síria), de 7 a 9 de julho de 2003. Os participantes eram originários de diversos países: Síria, Líbano, Jordânia, Terra Santa, Turquia, África do Norte, França e Canadá.
Durante o primeiro dia, após o discurso inaugural e as intervenções de acolhida, Pe. Elias Zahlawi (Damasco, Síria) apresentou uma conferência sobre o “Diálogo inter-religioso e desenvolvimento social”. A segunda intervenção, intitulada “Diálogo inter-religioso e direitos humanos”, foi de autoria de pe. Jean-Marc Aveline (França). A terceira intervenção foi apresentada por Dom Rafiq Khoury (Jerusalém, Terra Santa), sobre o “ Diálogo inter-religioso e busca de valores comuns”.
Nos dias sucessivos, foram apresentados estudos sobre a situação das relações entre o Islã e o Cristianismo nos diversos Países representados. Em um comunicado feito pelo Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso, se destaca que os participantes manifestaram um grande apresso pela posição do Papa João Paulo II, dos responsáveis católicos e de outras Igrejas no mundo, sobretudo sobre o Oriente Médio, sobre a paz no mundo, pela condenação à guerra contra o Iraque e pelo pedido de uma paz justa e global para o Oriente Médio, sobretudo a Palestina.
Os participantes também insistiram sobre a importância do trabalho desenvolvido pelo Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso e sobre o seu papel na promoção de relações fraternas com os muçulmanos em todo o mundo, coisa que ganhou maior urgência e importância após o “ 11 de setembro”, da guerra contra o Iraque e do agravamento da situação na Palestina. A visita da delegação se situa de fato no quadro da promoção destas relações, lado a lado às Igrejas locais na Síria e no Oriente Médio. Os participantes lembraram a histórica peregrinação de Sua Santidade o Papa João Paulo II na Síria e constatou que esta visita foi por todos percebida em modo muito positivo. Durante a sua visita na Síria, os responsáveis pelo Conselho encontraram-se com diversos líderes religiosos cristãos e muçulmanos, e gozaram da generosa hospitalidade por onde passaram.
(S.L) (Agência Fides 15/07/2003; linhas: 32; palavras: 393)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network