ÁFRICA/UGANDA - Os refugiados aprendem a fazer artesanato com a ajuda dos JRS

Terça, 28 Junho 2011

Kampala (Agência Fides) – No contexto de uma iniciativa para ajudar os refugiados urbanos a conseguirem uma maior autossuficiência, os JRS (Serviço Jesuíta aos Refugiados) lançou na capital de Uganda, Kampala, um novo curso de formação para os refugiados que lhes permitirá aprender as noções fundamentais para a produção de artesanato. Segundo informações enviadas à Agência Fides pela Cúria Geral dos Jesuítas, o primeiro curso foi frequentado por um grupo piloto de cinco refugiados, que aprenderam a fazer brincos, colares, pulseiras, pingentes, cintos, cartões, bolsas, além de adquirir habilidades no campo de bordado, usando materiais locais fáceis de encontrar, como papel, madeira, miçangas e fibras vegetais. "Foi uma oportunidade valiosa para nós: ao invés de nos dar um peixe, nos ensinaram a pescar, dando-nos simplesmente uma linha. Agora estou pronto para a pesca", disse Anastase, uma refugiada de Ruanda que participou do curso. O curso de artesanato foi organizado após uma avaliação realizada em 2010, que viu os refugiados expressarem o desejo de fazê-lo. "Como refugiados, precisamos de uma formação que podemos utilizar na situação atual. Aprender a produzir artesanato é a melhor coisa para nós", disse um dos refugiados. O programa também inclui cursos de restauração, cabeleireiro e costura. (SL) (Agência Fides 28/6/2011)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network