ÁFRICA/ZÂMBIA - O vigário geral da Diocese de Mansa pede às autoridades mais transparência

Sexta, 24 Junho 2011

Ndola (Agência Fides) - O vigário geral da Diocese de Mansa, Zâmbia, padre Mambwe Mpasa, declarou que a falta de adesão à corrida em andamento no país em relação ao contrato para projetos de estradas, poderia criar uma oportunidade favorável para a concessão suborno e corrupção. Segundo o que referiu a Agencia Fides um sacerdote da Diocese de Ndola, Pe. Mpasa se perguntou como o governo tenha toda essa pressa para construir projetos para as estradas. O Vigário de Mansa disse estar convencido de que se o governo tomar o tempo necessário para realizá-los, haverá mais chances de dar emprego a pessoas que fariam um bom trabalho evitando depois de pouco tempo ter que refazer tudo. Mpasa convidou as autoridades competentes a seguir os procedimentos para a atribuição de serviços, já que não há emergência, e pediu ao governo para informar honestamente a nação sobre a origem do dinheiro destinado para projetos de estradas e a maneira pela qual ela é colocada no orçamento nacional. Ele disse estar triste elo fato que o governo não mantenha as pessoas informadas sobre as principais questões que afetam o país. Segundo o responsável da Non-Governmental Organisations Coordinating Council (NGOCC), Beatrice Grillo, é necessário que o governo se concentre no desenvolvimento sustentável, que favoreça a vida de toda a população.(AP) (24/6/2011 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network