http://www.fides.org

Asia

2011-06-22

ÁSIA/TIMOR LESTE - Os missionários engajados do país foram reconhecidos “heróis” pelo Parlamento

Dili (Agência Fides) – Por ocasião da Jornada Nacional do País, o Presidente de Timor Leste, Jose Ramos Horta, elogiou o trabalho dos muitos missionários católicos que viveram e trabalharam ao lado da população local antes da independência da Indonésia. Em seu discurso, publicado pelo "Province Express", quinzenal católico australiano dos Jesuítas, Horta os descreve como “heróis”. De modo especial, recordou um sacerdote italiano Salesiano, algumas religiosas Canossianas, três missionários Jesuítas portugueses e outro Jesuíta alemão, que foi assassinado em 1999. O Parlamento propôs conceder a cidadania a um grupo de missionários, entregando o primeiro passaporte Timorense no cumprimento de 90 anos do padre João Felgueiras. Os 3 missionários portugueses: padre João Felgueiras, padre José Martins, e irmão Daniel de Ornelas (falecido), chegaram ao país no início da década de 70 e ali permaneceram por mais de 24 anos, durante a invasão indonésia da ilha.
Agradecendo o Primeiro Ministro pela concessão da cidadania, padre Felgueiras ressaltou a necessidade de “encorajar outros religiosos e religiosas a partir para Timor, para evangelizar um número sempre crescente de crianças, de modo que possam assumir o papel de líderes na fé neste extremo canto do mundo”. Os jesuítas sempre se empenharam ao lado da população de Timor Leste, seja antes como depois da independência do país, especialmente no campo da instrução, no San Jose High School a Dili, a eles confiado em 1993 e que retornará à Diocese em fins de 2011. O compromisso dos religiosos no campo vai prosseguir com um novo projeto, já em fase de avançamento, na região oeste de Dili. Os jesuítas estão presentes também na paróquia de Railaco e em um centro social de Suai, e se ocupam de modo especial, do cuidado pastoral e nos campos da saúde e da educação das crianças da aldeia. Muitos jovens de Timor Leste entraram no noviciado e atualmente estão estudando para continuar no país a missão da Companhia de Jesus.(AP) (22/6/2011 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network