http://www.fides.org

Africa

2011-05-31

ÁFRICA/ETIÓPIA - Milhões de crianças obrigadas a abandonar suas casas por causa da violência dos conflitos

Adigrat (Agência Fides) – Devido à última guerra de fronteira, terminada em 2000, ainda vivem no norte da Etiópia, na cidade de Adigrat e nas redondezas, muitas pessoas deportadas da vizinha Eritreia, país que ainda não alcançou uma paz definitiva, em meio a milhares de soldados de ambas as frentes. Este elemento contribuiu para incrementar a alta incidência da Hiv/Aids na área. Há mais de 40 anos, as irmãs Mestras Pias Filipinas administram na cidade uma escola primária e um centro de promoção da mulher. Hospedam um orfanato com 24 meninas entre 4 e 18 anos. Um comunicado da organização católica espanhola Manos Unidas enviado à Fides informa que a casa onde se encontram as órfãs foi construída há 40 anos pelo primeiro Bispo de Adigrat, Dom Hailemariam Kahsay, que deu seu nome ao centro de acolhimento. Em 2005, devido às enormes dificuldades de sobrevivência das crianças, protagonistas inocentes dos conflitos e separadas de suas famílias (muitas foram abandonadas), as irmãs decidiram transformar a casa em centro de acolhida para órfãos. Estima-se que em 2008, em todo o mundo, cerca de 18 milhões de crianças tiveram que abandonar suas casas como refugiadas ou desapropriadas por causa dos conflitos. Estas crianças são destinadas a serem vítimas diretas de violência, doenças, desnutrição e morte. Muitas têm acesso limitado a serviços de saúde, educação e assistência humanitária.
(AP) (31/5/2011 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network