http://www.fides.org

America

2011-05-21

AMÉRICA/URUGUAI - Mensagem do CELAM: renova-se o empenho pela Missão Continental e o chamado a todos a se tornarem discípulos missionários

Montevideo (Agência Fides) - "Quatro anos atrás, a Palavra marcou o programa em Aparecida, quando escolhemos promover a tarefa de nos tornar Discípulos missionários a serviço da vida; agora, confirmamos o nosso empenho pela Missão Continental, como se constata nas diretrizes escolhidas que estão a serviço desse processo". É o que afirma a Mensagem Final da XXIII Assembleia Ordinária do CELAM, realizada de 16 a 21 de maio em Montevideo (Uruguai), que foi enviada à Agência Fides. 
Na introdução da mensagem, se recorda o recente convite do Santo Padre para que a Palavra de Deus "se torne sempre mais o coração de toda atividade eclesial" (Verbum Domini, 1), assim, escrevem os Bispos, "refletimos em comunhão para que a ação evangelizadora no nosso continente seja o mesmo serviço de Jesus para os nossos irmãos, de modo especial os pobres e os necessitados".
Para ilustrar esse empenho, os Bispos escolheram o episódio de Jesus na entrada de Naim (Lc. 7, 11-17), quando dá novamente a vida ao único filho que uma mãe viúva estava para sepultar, acompanhada por muitas pessoas da cidade. Assim se lê na mensagem: “A procissão guiada por Jesus evoca a estrada aberta pelo Evangelho na nossa história e a multidão que aderiu à fé e se empenhou, escolheu a cultura cristã que marcou o nosso povo. O Evangelho nos diz que na sua chegada às portas da cidade, Jesus cruza com outro grupo proveniente da direção oposta, que carregava um rapaz morto. Também nós encontramos na nossa estrada ‘procissões de morte’. Estamos entristecidos com a morte de inúmeras pessoas, vítimas da violência causada pelo narcotráfico. Sentimos muito pelas nossas jovens gerações, desiludidas pelas instituições que perderam sua credibilidade por causa da corrupção evidente".
"Este encontro com Jesus é o ponto de partida para empreender uma nova estrada: os dois cortejos, o da morte e o da vida, se tornam no final um só, o cortejo da vida. Como Igreja, portadora da vida do Reino de Deus, somos chamados a desempenhar um nova evangelização que levante os que caíram, mas que aceite os marginalizados da nossa sociedade, cure os feridos, responda a quem pergunta onde está Deus em meio às calamidades, restitua a esperança daquela vida plena que brota do Ressuscitado”. A mensagem se conclui com o convite a todos por um maior empenho e invocando a proteção de Nossa Senhora dos “trinta e três”, tão venerada no Uruguai. O documento é datado de 20 de maio de 2011. (CE) (Agência Fides, 21/05/2011)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network