OCEANIA/AUSTRÁLIA - Uma nova escola destinada aos jovens aborígenes com problemas ou que abandonaram os estudos

Sexta, 6 Maio 2011

Sydney (Agência Fides) – Depois de 60 anos, os jesuítas abrirão em breve uma nova escola em Redfern, na periferia de Sydney. Será uma escola que dará prioridade à finalidade educativa da Companhia de Jesus, ou seja, a igualdade e a oportunidade para todos. A escola, que provavelmente terá o nome de “Jarjum College”, será destinada aos estudantes aborígenes, em especial àqueles que abandonaram a escola ou a frequentam de modo irregular por várias razões de desadaptação social. Segundo as informações enviadas à Agência Fides pela Cúria Geral dos Jesuítas, a escola dará aos estudantes a possibilidade de recuperar os anos perdidos e, portanto, ter melhores oportunidades para o futuro. A escola foi promovida por St. Aloysius' College de Milsons Point, mas em breve será autônoma e independente. A diretora, Beatrice Sheen, disse estar emocionada e honrada por ter sido envolvida neste projeto que pode mudar a vida dos jovens, mas está convencida de que o sucesso de uma escola depende em grande parte do apoio que recebe da população da qual está a serviço. “Esta escola – afirma – pertence à comunidade, ao povo, e é deste modo que desejo que funcione.” O Jarjum College oferecerá assistência a curto prazo aos jovens em risco, inserindo-os depois novamente, na medida do possível, no sistema escolar. Mas Beatrice Sheen acredita que, uma vez identificadas as necessidades da comunidade, o modelo poderia mudar. (SL) (Agência Fides 06/05/2011)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network