http://www.fides.org

Africa

2004-10-05

ÁFRICA/ RD CONGO - A Eucaristia, Jesus fonte de Vida e de Paz no centro da África. Os Padres sacramentinos abrem um centro de espiritualidade eucarística em Kinshasa

Kinshasa (Agência Fides) - A Eucaristia fonte de Vida e de Paz deve estar no centro da África. Para isso e para construir comunidades cristãs centralizadas na Eucaristia, foi criado o centro de espiritualidade eucarística, inaugurado pela Congregação do Santo Sacramento em Kimbondo Kinshasa, um subúrbio da capital da República Democrática do Congo. É o que informa a Agência católica congolesa DIA, segundo a qual, o objetivo do centro de espiritualidade eucarística é construir, com os leigos, comunidades cristãs centralizadas na Eucaristia. As atividades do centro compreendem retiros espirituais e palestras.
O início das atividades do centro de espiritualidade eucarística coincide com o ano eucarístico proclamado pelo Papa João Paulo II.
Para dirigir o centro, foi chamado Pe. Luigi Brugnetti, assistido por 3 leigos. Pe. Luigi declarou à DIA que a criação do centro será seguida por sessões de animação nas paróquias da capital, com o objetivo de divulgar e amar a Eucaristia, de modo que a Eucaristia tenha um impacto real na vida das pessoas. Pe. Luigi, que fará orações em outras cidades congolesas, convidou os fiéis de todas as dioceses do país a contatar o centro, para promoverem a espiritualidade eucarística.
A Congregação dos Padres do Santo Sacramento possui no Congo 21 membros, em três dioceses: Kikwit, Kenge e Kinshasa. Os religiosos administram uma clínica obstétrica, dois postos de saúde, duas escolas de I Grau e duas de II Grau, um maternal, uma marcenaria e duas oficinas mecânicas. Somente em Kinshasa, mais de cem alunos freqüentam as escolas dos Padres Sacramentinos.
Além da RD Congo, os Padres Sacramentinos estão presentes na África também em Senegal, Moçambique e Angola, além de cerca de 30 países em todo o mundo, com cerca de mil religiosos.
A Congregação dos Padres do Santo Sacramento foi fundada em Paris, em 1856, por S. Pierre Julien Eymard, que em 1858, fundou também o ramo feminino da ordem, as Servas do Santíssimo Sacramento. (L.M.) (Agência Fides 5/10/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network