http://www.fides.org

Africa

2004-10-05

ÁFRICA - Acabar com a difusão da armas leves na África. É o que discutem os representantes de 39 países africanos em Uganda

Kampala (Agência Fides)- Reduzir a difusão das armas leves na África Subsaariana. Esta é a proposta dos ministros da Defesa e dos responsáveis pela segurança de 39 países africanos reunidos em Kampala, capital de Uganda. O encontro, que vai durar cinco dias, foi organizado pela Africa Center for Strategic Studies, uma organização não-governamental com sede em Washington. Além dos representantes africanos, participam da iniciativa também especialistas provenientes dos Estados Unidos e de diversos países europeus.
Em seu discurso de abertura, o Presidente ugandense, Yoweri Museveni, destacou que as violências cometidas com as armas leves contribuem de maneira notável a aumentar a pobreza na África. “Existe uma forte ligação entre a difusão dessas armas e a pobreza”, disse o Presidente ugandense. O Embaixador dos EUA em Kampala afirmou que “as armas leves são responsáveis pelas destruições em massa na África”.
A Agência Fides publicou em julho um amplo dossiê sobre a difusão das armas leves na África (veja link no final da página), no qual destacava o papel da criminalidade organizada na difusão das armas leves na África.
Segundo um estudo da Comunidade dos Estados Sahelo-Sahariani, apresentado no final de setembro em Cotonou (Benin), “cinco milhões de pessoas foram assassinadas desde 1994 na África por causa das armas leves. 90% das vítimas eram civis, cerca de 80% das quais eram mulheres e crianças”. (L.M.) (Agência Fides 5/10/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network