http://www.fides.org

Africa

2011-04-15

ÁFRICA/RUANDA - Na área rural de Muhura 40.000 pessoas agora podem usufruir da corrente elétrica

Muhura (Agência Fides) – Segundo as estimativas da FAO, dois bilhões de pessoas, principalmente nas áreas rurais dos países em desenvolvimento, ainda vivem sem eletricidade. Isso significa ficar num estado perpétuo de fome e pobreza. Basta pensar nas dificuldades dos agricultores para coletar, armazenar e vender os produtos da sua terra. Viver sem eletricidade também significa trabalhar duro, especialmente mulheres e crianças, que geralmente se dedicam a buscar água e lenha. Desde 2007, o Movimento para a Luta Contra a Fome no Mundo está comprometido em levar eletricidade para aproximadamente 40.000 pessoas no Distrito de Gatsibo (leste de Ruanda). Especificamente, trata-se da realização de uma linha de 18 km que está ligada à linha nacional, que extrai quase exclusivamente das fontes hídricas. Agora, o projeto foi concluído e a integração do que foi realizado como o envolvimento da população local foi também iniciada a conscientização sobre o uso do recurso. A chegada da energia elétrica no Distrito permite que hospitais e clínicas trabalhem a templo pleno, as escolas crescem, os mercados se consolidam e as famílias podem iluminar suas casas. Também em breve será possível iniciar duas importantes atividades industriais para a área: uma oficina de torrefação de café e um celeiro. No distrito inclui a cidade rural de Muhura também ela possui há algumas semanas energia elétrica e onde finalmente as escolas, o orfanato São José, o dispensário e os escritórios públicos da área estão em pleno funcionamento. (AP) (15/4/2011 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network