http://www.fides.org

Africa

2003-07-14

ÁFRICA/REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO - APOSTAR NOS LEIGOS PARA A NOVA EVANGELIZAÇÃO, PROMOVER A PAZ E A JUSTIÇA: INDICAÇÕES DA CONFERÊNCIA PLENÁRIA DOS BISPOS DO CONGO

kinshasa (Agência Fides) – “A Igreja no Congo quer apostar sempre mais nos leigos para uma Nova Evangelização”, disse à Agência Fides Pe. Valer Shango, porta-voz dos Bispos do Congo. É quanto emergiu da Assembléia Plenária dos Bispos do Congo, ocorrida em Kinshasa, de 7 a 12 de julho. “Para favorecer o crescimento de um laicato maduro”, disse Pe. Shango, “os Bispos querem potencializar as Faculdades Católicas de Kinshasa e pensam em fazer uma fusão para criar uma única Universidade Católica no Congo”.
“No que diz respeito aos tristes acontecimentos bélicos, os Bispos reafirmaram a necessidade do perdão e da reconciliação, única via de saída da lógica da violência”, disse à Fides Pe. Shango. “O perdão porém deve ser acompanhado pela busca da justiça e do justo ressarcimento das vítimas. Por isto, Bispos apóiam com força a criação de um tribunal penal internacional para os crimes ocorridos no Congo. Também a Igreja teve os seus mártires neste conflito. Os ´´últimos foram os sacerdotes mortos em Bunia durante a primavera passada. Se trata de um testemunho de amor para com o povo do Congo, que já pagou um preço muito alto: pelo menos 3 milhões de vítimas, e continua a sofrer”,
O governo, os grupos de guerrilha e aqueles de oposição política que aderiram aos acordos de paz de Sun City (abril de 2003) nomearam 500 deputados e 110 senadores para o novo parlamento nacional. “Entre os deputados nomeados estavam também o Cardeal Fréderick Etsou, que porém se recusou por considerar o encargo incompatível com o seu ministério”, disse Pe. Shango.
(L.M) (Agência Fides 14/07/2003 – linhas: 22, palavras: 280)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network