OCEANIA/AUSTRÁLIA - Mulheres pela paz e o progresso social: Catholic Mission celebra o Dia Internacional da Mulher

Quarta, 2 Março 2011

Sydney (Agência Fides) – As Pontifícias Obras Missionárias australianas (Catholic Mission) celebram o papel das mulheres em favor da paz e do progresso social em todo o mundo. “Queremos destacar a importante contribuição das mulheres no tecido social através de seu trabalho, sua atenção com a alimentação e a assistência” – consta na nota de Martin Teulan, Diretor nacional da Catholic Mission Austrália, enviada à Agência Fides. “Nos países em desenvolvimento, Catholic Mission está engajada com as mulheres e as jovens mais carentes para apoiar e promover a sua igualdade e participação ativa na sociedade - continua Teulan. Nós a ajudamos a alcançar a plenitude da vida através da formação na fé, oferecendo-lhes conhecimentos lingüísticos e matemáticos, além de oportunidades econômicas através do acesso a empregos qualificados”. Uma das embaixadoras da Catholic Mission Austrália mais engajadas na questão feminina é Nurse Pasipanodya, nascida no leste do Zimbábue e obrigada a abandonar seu país. Nurse é professora e grande defensora da instrução das jovens nos países em desenvolvimento. Na Austrália, é uma organizadora fundamental dos grupos sociais da comunidade de expatriados do Zimbábue; foi uma das fundadoras da Comunidade católica local, da organização feminina católica do Zimbábue, e de um grupo de jovens. Também promoveu uma entidade de beneficência para ajudar as pessoas soropositivas no Zimbábue. A sabedoria de uma fé profunda é outra característica de Nurse – consta ainda no comunicado. “Deus é uma força tão grande em nossa vida. As pessoas devem aprender a parar e escutá-lo” – repete. “É para mulheres como Nurse que precisamos celebrar o Dia Internacional da Mulher” – destaca o Diretor nacional. Catholic Mission Austrália apóia projetos em 160 países de todo o mundo, especialmente voltados a conscientizar as mulheres a assumirem a própria existência. Em 2010, o Catholic Mission no Zimbaue ajudou diretamente 10.286 órfãos da AIDS e crianças vulneráveis, além de ter contribuído na educação de moças que, contrariamente, não poderiam frequentar a escola. (AP) (2/3/2011 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network