OCEANIA/NOVA ZELÂNDIA - Todas as igrejas católicas de Christchurch devem estar seguras antes de voltar a celebrar Missas

Sexta, 25 Fevereiro 2011

Christchurch (Agência Fides) – O Bispo de Christchurch, Dom Barry Jones, proibiu a celebração de Missas nas 78 igrejas da Diocese até que seja efetuado um controle sobre a segurança dos edifícios. A maior parte, já enfraquecidos pelo tremor do ano passado e por 4000 sucessivos, foram parcial ou completamente destruídos pelo último terremoto de 21 de fevereiro, no qual 113 pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas. Da “Cathedral of the Blessed Sacrament”, de mais de100 anos, que estava sendo reformada depois dos graves danos sofridos no terremoto de cinco meses atrás, sobraram apenas ruínas. Único exemplar de arquitetura sacra em estilo romano, a Catedral perdeu duas cúpulas e grande parte da fachada. Os espetaculares vitrais ficaram destruídos; o teto e a gigantesca cúpula central estão gravemente rachados e precários. Ainda não se sabe se o antigo edifício poderá ser recuperado ou se deverá ser completamente demolido e reconstruído. Todas as igrejas da Diocese, assim como as 7 escolas secundárias diocesanas e 19 escolas fundamentais católicas ainda devem ser controladas para garantir a segurança dos edifícios. (AP) (25/2/2011 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network