ÁSIA/TERRA SANTA - Uma rede de escolas para as crianças beduínas Jahalin

Quarta, 17 Novembro 2010

Jerusalém (Agência Fides) – Sobre os terrenos desertos e não hospedáveis, rumo ao Vale do Jordão, entre o leste de Jerusalém e Jericó, vive marginalizada, tanto das autoridades palestinas quanto das judaicas, a comunidade dos beduínos Jahalin. Originariamente era uma comunidade nômade expulsa pelos militares israelenses do próprio território de pertença entre 1948 e 1950. Depois de 1953, os Jahalin foram para seus acampamentos e agora vivem num território degradado, entre lixo a céu aberto dos bairros árabes do leste de Jerusalém. Os únicos edifícios possíveis de construir são barracas precárias, sem água corrente, luz elétrica e serviços higiênico-sanitários. Todos estes fatores, unidos a outros índices de pobreza, desemprego e discriminação prejudicam o setor mais vulnerável da população, as crianças menores, que não podem freqüentar as escolas e que para estudar nas escolas da UNRWA (Agência das Nações Unidas para os Refugiados Palestinos), situadas a 30 km, devem procurar quem os acompanha todos os dias arriscando a vida nas estradas tortuosas e muito traficadas. Em 2008, as missionárias Combonianas iniciaram a trabalhar com os beduínos desta etnia, fazendo da educação das crianças a sua prioridade. Junto com várias organizações civis e religiosas, com os jovens voluntários judeus canadenses e aos rabinos israelenses para os Direitos Humanos (RHR-il), conseguiram organizar uma “escola” com quatro aulas, um departamento para a administração, um claustro e serviços, construída com 3 mil pneumáticos cheios de terra. Além desta, com a Judá da organização católica espanhola Manos Unidas, foi aberta uma rede de escolas para as crianças em tendas e barracas nos acampamentos beduínos, capaz de hospedar, no início 120 meninos e meninas. Está prevista também a formação de 10 jovens professoras beduínas no centro Al Sabah no leste de Jerusalém, com cursos intensivos de educação infantil que duram três meses. (AP) (17/11/2010 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network