http://www.fides.org

Especial

2010-10-21

As Pontifícias Obras Missionárias financiam a vida das jovens Igrejas, a formação de seminaristas e sacerdotes, a ajuda às crianças e a animação missionária de todo o povo de Deus

Cidade do Vaticano (Agência Fides) – As coletas do Dia Mundial das Missões, ofertas e doações de benfeitores, somadas a contribuições derivadas de iniciativas particulares de animação missionária recolhidas pelos Diretores Nacionais das Pontifícias Obras Missionárias das nações, constituem um Fundo comum, o Fundo Universal de Solidariedade. Durante a Assembleia Geral Anual das Pontifícias Obras Missionárias, habitualmente no mês de maio, todos os Diretores Nacionais, sob a guia do Presidente e dos Secretários gerais das quatro Obras Pontifícias, examinam as milhares de demandas de subsídio provenientes de todo o mundo e enviadas às Secretarias internacionais para a construção de igrejas, capelas ou espaços para a pastoral, para o sustento e a formação de seminaristas e catequistas, para iniciativas de educação e promoção dirigidas à infância. Com base na disponibilidade econômica e em critérios de equidade e justiça, a Assembléia decide a distribuição dos subsídios. Infelizmente, o Fundo Universal de Solidariedade não é suficientemente amplo para consentir o atendimento de todos os pedidos.
Pontifícia Obra da Propagação da Fé
À Pontifícia Obra da Propagação da Fé (POPF) chegam anualmente milhares de projetos de todo o mundo missionário com pedidos de subsídios referentes principalmente à manutenção e formação de catequistas, à construção e manutenção de igrejas, capelas e conventos, à atividade das organizações diocesanas, às ajudas para o trabalho pastoral de congregações religiosas...
A Assembleia Geral 2010 das Pontifícias Obras Missionárias, ao examinar as demandas recebidas, atribuiu os seguintes subsídios:
ÁFRICA - subsídios ordinários 17.236.000 $; catequistas 7.169.900 $; mídia (Signis) 859.500 $; subsídios extraordinários 24.228.000 $. 
AMÉRICA - subsídios ordinários 2.020.000 $; catequistas 659.000 $; mídia (Signis) 195.000 $; subsídios extraordinários 1.032.400 $. 
ASIA - subsídios ordinários 10.774.500 $; catequistas 4.071.800 $; mídia (Signis) 732.000 $; subsídios extraordinários 10.182.900 $. 
EUROPA - subsídios ordinários 1.184.200 $; catequistas 16.000 $; subsídios extraordinários 143.000 $. OCEANIA - subsídios ordinários 1.478.000 $; catequistas 406.000 $; mídia (Signis) 334.000 $; subsídios extraordinários 595.500 $.


Pontifícia Obra de São Pedro Apóstolo
A Pontifícia Obra de S. Pietro Apóstolo subvencionou um total de 837 seminários entre dependentes da Congregação para a Evangelização dos Povos e não-dependentes: 461 seminários menores e 376 seminários maiores. Os seminaristas sustentados pela Obra são 77.715, assim subdivididos: 51.592 seminaristas menores e 26.123 seminaristas maiores. 
Ao examinar as demandas recebidas, a Obra concedeu subsídios da seguinte forma: aos Seminários menores: 6.427.490 $; aos Seminários maiores e propedêuticos: 15.913.601 $. Para ajudas extraordinárias, foram destinados 6.504.005,98 $. A Obra atribuiu também 836.760 $ aos noviços e 1.432.990 $ às noviças atualmente em território de missão.
Pontifícia Obra da Infância Missionária
A Pontifícia Obra da Santa Infância ou Infância Missionária tem como fulcro o papel dos ‘pequenos’ no âmbito do anúncio do Reino. Os pedidos de subsídio referem-se à realização de programas de instrução religiosa, assistência alimentar e médico-sanitária, fornecimento de uniformes e material escolar, mobílio de salas de catequese e de centros de infância, compra de medicamentos, sustento de crianças pobres, proteção da vida... A Assembleia Geral das Pontifícias Obras Missionárias 2010, ao examinar as demandas recebidas, atribuiu subsídios num total de 18.015.600,70 $ (3.696.000 $ de subsídios ordinários e 14.206.100 $ de subsídios extraordinários). 
A repartição dos subsídios por continente é a seguinte: África 10.782.300 $; América 933.100 $; Ásia 5.820.800 $; Europa 118.900 $; Oceania 247.000 $. 
A estes, somam-se: 113.500,70 $ de subsídios às Direções nacionais. Em relação aos projetos aprovados: 462 referem-se à pastoral da infância, 45 à animação e formação missionária, 96 à educação pré-escolar, 989 à educação escolar, 254 à formação cristã, 779 à proteção da vida. 


Pontifícia União Missionária


A Pontifícia União Missionária
 foi definida por Paulo VI como ‘a alma das outras Pontifícias Obras Missionárias’. Seus objetivos são a promoção da consciência missionária entre os seminaristas, sacerdotes e religiosos; a animação de todo o Povo de Deus pela Missão, difundindo e promovendo as outras Pontifícias Obras Missionárias, para colocar toda a Igreja ‘em estado de missão’; favorecer a união dos Cristãos.
(SL) (Agência Fides 21/10/2010)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network