http://www.fides.org

Ciência e Medicina

2004-07-29

Dengue: a OMS teme quase 50 milhões de doentes por ano. No Panamá, a primeira morte causada pela epidemia desde 1995. Uma atualização

Roma (Agência Fides) - O dengue continua a se alastrar em muitos países do mundo: recentemente, foram registrados novos casos da doença, e o número de vítimas pode ser alarmante. Chamada também como ‘febre quebra-ossos’, a doença pode causar uma síndrome gripal aguda, atinge o Sudeste asiático em especial e está se tornando um dos maiores problemas de saúde na América Central, na América do Sul e no Caribe. Tornou-se endêmica em mais de 100 países africanos, nas Américas e no Mediterrâneo oriental.
O dengue é um inseto artrópode, que veicula uma infecção que tem ciclo vital similar à febre amarela. Pode se manifestar em duas formas: dengue clássico e dengue hemorrágico, com ou sem estado de choque.
Normalmente, o tipo de dengue comum consiste numa infecção com sintomas que variam de dez a quatorze dias. A forma mais aguda, que atinge pacientes precedentemente portadores, pode levar rapidamente à morte. A febre hemorrágica de dengue (DE) ou síndrome choque de dengue (SSD) mata seja adultos como crianças. Ficou estabelecido que em bebês de 3 a 6 meses, os anticorpos de dengue provêm da placenta.
Aproximadamente, contam-se 25 milhões de casos de dengue clássico por ano, além de 400.000 casos de DE e SSD.
No Panamá verificou-se nos últimos dias a primeira morte desde 1995 por dengue hemorrágico. Trata-se de uma mulher de 44 anos, falecida em 16 de julho passado em sua habitação, na aldeia Vietnam, província de Colón.
Na Malásia um grupo de pesquisadores composto de quatro membros do departamento de Microbiologia da Universidade Malaya declarou ter descoberto um remédio natural para combater a doença. É um antivírus que será colocado no mercado em forma de cápsula e será disponível para a venda no início do próximo ano. Até hoje, não havia sido encontrado um antivírus capaz de curar a doença, transmitida pela mordida do mosquito.
Na Indonésia a doença matou, desde janeiro, 91 pessoas; outras 4.500 foram internadas em hospitais. Numerosos os mortos na capital, Jacarta, enquanto a área mais atingida é a ilha de Java.
Também em El Salvador o ministério da Saúde decretou alerta sanitário depois da descoberta de 770 novos casos da doença infecciosa, nos últimos dias. Os casos de dengue registrados em todo o País centro-americano foram 1.482.
A Organização Mundial da Saúde declarou que a epidemia de 1998 causou a morte de 1,2 milhões de pessoas em 52 países e que as condições epidêmicas deste ano podem alcançar esta cifra.

(AP) (29/7/2004 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network