http://www.fides.org

Asia

2004-07-09

ÁSIA/ÍNDIA - A Comissão para o diálogo entre a Igreja Católica e a Igreja Assíria do Oriente aprova um documento conjunto sobre os Sacramentos: passos adiantes rumo à unificação

Thrissur (Agência Fides) - Passos adiante rumo à unidade entre a Igreja Católica e a Igreja Assíria do Oriente: a Comissão para o diálogo entre as duas Igrejas, composta por representantes das duas comunidades - de modo especial, da parte católica, por Bispos da Igreja de rito Caldeu e Siro-malabarense - aprovou um documento conjunto sobre os Sacramentos, que será examinado a nível mais alto e, eventualmente, adotado oficialmente pela Igreja Assíria e pela Santa Sé em setembro.
“A Declaração conjunta sobre a Vida Sacramental” que foi elaborada - disse radiante Mons. Mar Aprem, Metropolita Indiana da Igreja Assíria do Oriente - representa um belo passo adiante para a unidade das duas Igrejas. Sou plenamente consciente que a Igreja católica conta com mais de um bilhão de fiéis no mundo, enquanto a nossa é uma comunidade muito pequena. Mas há recíproco respeito e isto é muito positivo”.
A Igreja Assíria, que tem muitos pontos de contato com as Igrejas católicas de rito Caldeu e Siro-malabarense, separou-se da Santa Sé em 431 d.C., depois do Concílio de Éfeso. Esforços para reencontrar a unidade subseguem-se desde 1984: uma Declaração Cristológica comum foi assinada e difundida pelo Patriarca Dinka IV da Igreja Assíria e pelo Santo Padre João Paulo II em 1994. E desde então o diálogo a nível teológico continua. Existe uma Comissão para o diálogo, formada por Bispos da Igreja Caldeia e Assíria, que teve e continuará a ter encontros regulares para prosseguir no caminho comum.
No documento sobre a Vida Sacramental, ainda que permanecendo algumas diferenças na enumeração dos Sacramentos, as duas Igrejas tiveram uma aproximação construtiva, sublinhando mormente os pontos de contato.
O Documento será discutido pelo Sínodo da Igreja Assíria em agosto, em Chicago (Estados Unidos) e poderia ser assinado pelo Santo Padre e pelo Patriarca Assírio no próximo setembro. Um ulterior passo para obter plena unidade começará em novembro de 2004, disse o Bispo Mar Aprem. “Se os acordos procederão, poderemos bem cedo celebrar uma Eucaristia junto”, concluiu.
(PA) (Agência Fides, 09/07/2004, 24 linhas, 253 palavras)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network