http://www.fides.org

Asia

2004-06-24

ÁSIA/CHINA - O ardor por dinheiro não deve superar o ardor pela fé. Sacerdotes, religiosos, leigos e crianças juntos para construir a reconciliação e erradicar os conflitos causados por interesses econômicos

Tai Yuan (Agência Fides) - O jovem sacerdote Pe. Guo Quan Zhi foi ordenado em 24 de agosto de 1997, assumindo a paróquia de Yang Jia Pu di Tai Yuan, na província de Shan Xi, historicamente administrada por franciscanos. Desde então, sempre relacionou o trabalho pastoral com a realidade local, e encontra sempre todos os paroquianos, religiosas e leigos da Terceira Ordem Franciscana, anciãos e crianças. De acordo com o sacerdote, as crianças podem transmitir tudo o que aprendem no catecismo e na Santa Missa a seus pais e avós. Foi o que aconteceu: segundo o boletim católico de Habei, Faith, o boom do mercado imobiliário chinês fez com que as terras e casas se tornassem causas de conflitos sociais e familiares.
As famílias cristãs também se envolveram em disputas deste tipo, manchando a imagem da comunidade católica. Notando as brigas e por vezes, as violências geradas por isto, Pe. Guo ficou preocupado. Além de rezar intensamente pela reconciliação dos fiéis, organizou, com a ajuda dos leigos, horas de Adoração, visitas às famílias, partilhas, com a intenção de levar a paz dentro de suas casas. Seu esforço obteve sucesso: hoje, a maior parte das famílias da paróquia está reconciliadas. Além disso, estenderam a parentes e amigos este empenho pela paz, e depois destes encontros, muitas pessoas se converteram ao cristianismo. (Agência Fides 24/06/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network