http://www.fides.org

Africa

2004-06-21

ÁFRICA/BURUNDI - A esperança concreta de retorno para os refugiados burundinenses na Tanzânia

Bujumbura (Agência Fides) - Os mais de 300 mil refugiados burundineses na Tanzânia viveram o Dia Mundial dos Refugiados, comemorada ontem, 20 de junho, no sinal da esperança, pois estão se preparando para retornar ao Burundi. Com os acordos de paz de 2003 entre o governo e o principal grupo da guerrilha burundinesa, Forças para a Defesa da Democracia (FDD), abriu-se uma nova fase na vida política do Burundi. O outro movimento de guerrilha, Forças Nacionais de Libertação (FLN), não assinou o acordo, e embora a guerra ainda não tenha terminado, amplas áreas do país gozam de novas condições de segurança, o que possibilita o retorno dos refugiados a suas casas.
Um dos motivos que estão atraindo os refugiados a seu país são as eleições gerais, previstas para 31 de outubro próximo. Os refugiados esperam participar da reconstrução de seu país e do retorno à vida democrática.
Para facilitar o retorno dos burundineses, desde janeiro de 2004, a cada terça e sexta-feira, diversos caminhões e ônibus do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), estão transportando centenas de pessoas dos campos da Tanzânia ao Burundi. O campo de Karago está sendo rapidamente evacuado. O ACNUR tem como meta repatriar, até o fim de 2004, pelo menos 150 mil refugiados burundineses da Tanzânia. Desde janeiro deste ano, mais de 32 mil refugiados burundineses já retornaram a seu país. (L.M.) (Agência Fides 21/672004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network