http://www.fides.org

Africa

2003-06-27

ÁFRICA/LIBÉRIA - EM MONROVIA, “ASSASSINATOS, SAQUES, TERROR”, NAS PALAVRAS DE UM MISSIONÁRIO, TESTEMUNHA DE UM ENTRE TANTOS CONFLITOS AFRICANOS ESQUECIDOS.

Monrovia (Agência Fides) – “ Assassinatos, saques, terror”. Com estes termos, um missionário que vive em Monrovia, capital da libéria, descreve à Agência Fides, a situação na cidade há dias tomada por combates entre as forças fiéis ao presidente Charles Taylor e aquelas dos rebeldes do LURD (Liberianos Unidos pela Reconciliação e a democracia). “ Os combates estão concentrados sobretudo na zona portuária e estão se movendo em direção à última ponte que separa o porto do centro da cidade” disse o missionário. “ O temor de todos é que se o porto cai em mãos dos rebeldes e o centro permanece no poder das forças do governo, haja uma interrupção do abastecimento de alimentos, o que agravaria a já pesada situação humanitária”.
“As estradas da cidade estão vazias, percorridas apenas por caminhonetes de militares. As poucas pessoas que encontramos estão com o terror estampado nas faces. Os desabrigados se amontoam em centros de acolhida improvisados” diz o missionário. “Visitei um destes centros, localizado em um jardim público onde cerca de 5 mil pessoas estão abrigadas. Possuem alimentos suficientes para poucos dias; se o fornecimento de alimentos for bloqueado, não saberão como matar a fome”.
“ A cidade está caminhando para a anarquia: quem tem um fuzil dita a lei. Os ataques estão na ordem do dia. É preciso uma intervenção imediata de uma força de interposição para separar os adversários, do contrário será muito difícil a libéria sair desta crise”, conclui o missionário.
Continuam, no entanto, os trabalhos diplomáticos para procurar por fim à guerra. uma missão das nações Unidas dirigiu-se à Ghana para participar das conversações entre as partes liberianas. George W. Bush, presidente dos Estados Unidos, pediu a Taylor de “voltar atrás e poupar so seu país de uma maior banho de sangue”.
(L.M) (Agência Fides 27/06/2003 linhas: 25; palavras: 313)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network