http://www.fides.org

America

2004-06-11

AMÉRICA/COLÔMBIA - Sucesso da Pastoral da Primeira Infância da Igreja Colombiana: através de um trabalho de evangelização nas famílias e nas comunidades, pretende-se garantir a todas as crianças, principalmente das regiões mais pobres, um desenvolvimento integral

Bogotá (Agência Fides) - O ambicioso projeto “Pastoral da Primeira Infância” da Igreja Colombiana começou a funcionar em 2001 em duas paróquias da capital, Bogotá (Negativa e Garcés Navas). Pouco depois de um ano, já estavam envolvidos no projeto 17 dioceses, 24 paróquias e 400 agentes de pastoral da primeira infância. Esses agentes seguiram 3 mil e 500 crianças em suas famílias. Em janeiro de 2004, o projeto foi ampliado para 30 cidades, está ativo em 113 paróquias de 24 dioceses, e conta com a colaboração de 806 agentes pastorais da primeira infância que, devidamente preparados, seguem 8.471 crianças de 7.774 famílias.
A “Pastoral da Primeira Infância” é um projeto da sessão Infância e Juventude da Conferência Episcopal Colombiana, que tem como empenho prioritário o anúncio de Jesus Cristo, unindo fé e vida. Trata-se, portanto, de um “projeto de intervenção estratégica e preventiva nas comunidades mais pobres, para garantir a todas as crianças, sem distinção de raça, cor, nacionalidade, sexo, confissão religiosa ou política, educação, saúde, um adequado desenvolvimento infantil, o respeito dos direitos das crianças e um melhoramento de sua qualidade de vida, desempenhando um trabalho de evangelização que ajude as famílias e as comunidade, para que todas as crianças tenham vida e vida em abundância”, lê-se no relatório enviado à Agência Fides pelo Pe. Luis Eduardo Castaño Cardona, Diretor Nacional das Pontificas Obras Missionárias da Colômbia.
Entre os objetivos do projeto está o acompanhamento das famílias, para preparar os pais a assumirem com responsabilidade sua missão, tornando-os capazes de cuidar da saúde, da alimentação, da educação e da fé das crianças desde o ventre materno. Outro objetivo é promover a convivência pacífica, a concórdia e um estilo de vida saudável, para diminuir a violência no âmbito familiar e os maus-tratos contra as crianças; assim como debelar as doenças, a mortalidade infantil etc.
Para alcançar tais objetivos, a Pastoral da Primeira Infância adotou uma metodologia própria, que enfoca as crianças nos contextos familiar e comunitário. É uma metodologia que envolve necessariamente a família e a comunidade, tentando abraçar toda a família para que se torne protagonista de sua própria transformação. Os agentes da Pastoral constituem a coluna vertebral do projeto, pos são eles que assumem a tarefa de ajudar as crianças, reforçando os laços afetivos da família. A Pastoral da Primeira Infância trabalha em quatro áreas centrais (saúde, nutrição, educação, cidadania das crianças) no amplo contexto da evangelização e da catequese. (R.Z.) (Agência Fides 11/6/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network