http://www.fides.org

Vaticano

2004-06-09

VATICANO - O Papa na Audiência Geral recorda sua viagem à Suíça: “O próprio Cristo, ressuscitado e vivo, convida a juventude do terceiro milênio a “levantar-se”, ou seja, a dar sentido pleno à própria existência”

Cidade do Vaticano (Agência Fides) - No discurso pronunciado esta manhã, durante a Audiência Geral na Praça S. Pedro, o Santo Papa falou da sua recente viagem apostólica à Suíça. “O motivo principal da peregrinação apostólica àquela amada nação foi o encontro com os jovens católicos da Suíça - recordou o Santo Padre -. Agradeço ao Senhor que me deu a oportunidade de viver junto a eles um momento de grande entusiasmo espiritual, e de propor às novas gerações helvécias uma mensagem, que gostaria de estender a todos os jovens da Europa e do mundo. Esta mensagem resume-se em três verbos: "Levante-se!", "Ouça!", "Ponha-se em caminho!". É o próprio Cristo, ressuscitado e vivo, que repete a cada jovem do nosso tempo essas palavras. É Ele quem convida a juventude do terceiro milênio a “levantar-se” de experiências e mentalidades negativas para crescer até sua plena estatura humana, espiritual e moral.”
Domingo passado, solenidade da Santíssima Trindade, o Papa celebrou a Eucaristia com os Bispos e os sacerdotes vindos de toda parte da Suíça: “Na luz deste mistério fundamental da fé cristã, renovei o apelo à unidade de todos os cristãos, convidando primeiramente os católicos a viverem esta unidade entre eles, fazendo a Igreja “a casa e a escola da comunhão”. O Espírito Santo, que cria a unidade, impulsiona a missão para que a verdade de Deus e do homem, revelada em Cristo, seja testemunhada e anunciada a todos.” Antes de deixar Berna, o Santo Padre encontrou a Associação dos ex-Guardas Suíços, “para agradecer pelo precioso serviço que, há quase cinco séculos, o Corpo da Guarda Suíça presta à Sé Apostólica”. Pensando nos milhares de jovens que ofereceram sua especial contribuição ao Sucessor de Pedro no decorrer dos séculos, João Paulo II disse: “Jovens como todos, cheios de vida e de ideais, puderam manifestar de tal modo o seu sincero amor a Cristo e à Igreja. Possam os jovens da Suíça e de todo o mundo descobrir a maravilhosa unidade entre a fé e a vida, e preparar-se para desempenhar com entusiasmo a missão para a qual Deus os chama!”. (S.L.) (Agência Fides 9/6/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network