http://www.fides.org

Ciência e Medicina

2004-06-08

EUROPA/ITÁLIA - Globalização da hospitalidade, empenho sanitário, humanização das terapias: os desafios da Ordem de São João de Deus

Roma (Agência Fides) - Promover a globalização da hospitalidade neste momento da história do homem e de sua vida social: é o desafio que a Ordem de São João de Deus lança no encontro dedicado ao confronto entre leigos e religiosos. O encontro encerra um longo percurso de formação e aprofundamento, que reuniu toda a cúpula da Ordem.
Um caminho de hospitalidade de mais de 500 anos, que precisa ser atualizado todos os dias, no empenho constante com os doentes, os mais carentes, os últimos.
O encontro se realiza em Roma, na Cúria Geral da Ordem, nos dias 8 e 9 de junho. O programa é denso de eventos, abordando essencialmente reflexões de caráter programático, para confrontar-se sobre a atualidade da atividade no campo da saúde.
Como afirma Frei Pascual Piles, Superior Geral da Ordem, “nos questionamos sobre o futuro que a Ordem será capaz de construir no próximo milênio, a serviço do homem que sofre, do homem que se encontra em condição de necessidade e que pede nossa ajuda para reconstruir seu projeto pessoal. Provavelmente, existem locais e formas de atuação da Ordem que exigem uma mudança radical, para as quais devemos estar prontos, se quisermos ser presentes no terceiro milênio com a oferta de um serviço sanitário concreto e atual, à luz das várias mudanças no panorama sanitário”.
Curar, reabilitar: empenhos sempre atuais para a Ordem, fundada 500 anos atrás e presente em todo o mundo, com 300 obras, em 45 países. A cada dia, 40 mil colaboradores, entre religiosos, médicos, enfermeiros, empregados e voluntários, assistem em média 35 mil pacientes, com o sustento de cerca de 300 mil benfeitores. (AP) (8/6/2004 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network