http://www.fides.org

Asia

2004-06-07

ÁSIA/FILIPINAS - Gloria Arroyo em direção da vitória nas eleições presidenciais - Fiéis em oração durante a delicada fase da contagem dos votos

Manila (Agência Fides) - Ao que parece, a previsão dos resultados à presidência nas Filipinas está sendo respeitada: com 80% das cédulas contadas, a atual presidente, Gloria Macapagal Arroyo, é a vencedora das eleições do último dia 10 de maio. Segundo o Movimento Nacional dos Cidadãos para Eleições Livres, (Namfrel), organismo independente que monitorou as operações de voto e a contagem das cédulas, Arroyo teria dois pontos de vantagem sobre o seu principal adversário, o popular ator de cinema, Fernando Poe.
Todavia, as operações de escrutínio estão na fase de controle, que precede a proclamação oficial por parte do Congresso, que ocorrerá em meados de junho. De acordo com as sondagens divulgadas pela Namfrel, Arroyo obteve 39% dos votos e Poe estaria parado em 37%. Ainda não foram contadas cerca de sete milhões de cédulas.
Vários observadores afirmam que a questão das fraudes eleitorais, aberta por alguns políticos, não teve uma relevância decisiva, embora tenham sido registradas irregularidades em ilhas menores do arquipélago ou em áreas de montanha mais remotas, aonde é mais difícil difundir a cultura da legalidade e a população não tem uma adequada educação cívica.
Segundo a Igreja Católica, empenhada diretamente com seu pessoal na monitoração das operações de voto, as eleições foram “geralmente” regulares, honestas e pacíficas - como afirma um documento da Conferência Episcopal.
A Igreja, que havia já lançado uma campanha de oração na iminência das eleições, difundiu um novo apelo depois do voto, na fase delicada da contagem, enquanto algumas partes políticas ameaçavam convocar manifestações de protesto popular. (PA) (Agência Fides 7/06/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network