http://www.fides.org

Ciência e Medicina

2004-06-05

ÁSIA/CHINA - Um missionário jesuíta, de 91 anos, que administra 145 leprosários com 10 mil doentes, abre um centro para o tratamento dos doentes com Aids na província de Hunan

Roma (Agência Fides) - Em 1986, Padre Luis Ruiz, SJ, começou a trabalhar para os hansenianos da província de Guangdong, onde não existia água nem eletricidade, mas muita miséria. Atualmente, dirige 145 leprosários com 10.000 doentes em todo o país.
Padre Ruiz, 91, com muitos anos de experiência com pessoas portadoras de deficiência em Macau, estava visitando alguns leprosários na província de Hunan, na China meridional, quando o governo lhe pediu que instituísse um centro para o tratamento de doentes com AIDS, oferecendo-lhe uma ajuda para desenvolver este projeto.
O missionário aceitou o desafio com a ajuda de algumas irmãs e de um padre de Maryknoll, e assim, em abril, o Aids Caring Centre foi inaugurado em Hongjian, uma cidade portuária no rio Yuan, na província de Hunan.
O centro se encontra dentro de um complexo que hospeda um centro de desintoxicação e de reinserção para toxicodependentes. Apesar das dificuldades iniciais, o centro foi inaugurado: durante a cerimônia de apertura, o missionário falou da importância do amor e celebrou a Eucaristia.
Muitos testemunharam a generosidade dos sacerdotes e das irmãs que cuidam dos três pacientes em estado terminal, internados no centro. O projeto prevê acolher outros 17 pacientes e é dirigido àqueles que se encontram no estado terminal da doença, assim como foi feito até agora com os leprosários de Padre Ruiz. Dois médicos, especialistas em tratamento da AIDS, vão visitar o centro periodicamente e estarão à disposição em caso de emergência. Durante o mês de maio, Padre Ruiz foi até a província de Yunnan, para visitar um vilarejo em que vivem muitas crianças infectadas com o vírus HIV.(AP) (5/6/2004 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network