http://www.fides.org

Asia

2004-05-27

ÁSIA/ÍNDIA - Uma vinheta ofensiva aos católicos na primeira página de um jornal de alcance nacional: os Bispos indianos protestam

Nova Délhi (Agência Fides) - Uma vinheta ofensiva e inaceitável: a Conferência Episcopal da Índia protestou com veemência contra a vinheta do jornal Dainik Hindustan. Após as eleições e a nomeação do Primeiro-ministro, o jornal publicou uma vinheta ofensiva à religião cristã. A charge, publicada no último dia 23, na primeira página, retratava um presépio com Sonia Gandhi no papel de Nossa Senhora e o Primeiro-Ministro, Manmohan Singh, como o Menino Jesus.
A comunidade cristã foi unânime ao destacar o comportamento blasfemo e desprezador do jornal. A seu ver, os cristãos são sempre respeitosos das tradições, dos ritos e das figuras religiosas patrimônio de outros credos praticados na Índia.
Os Bispos católicos indianos protestaram oficialmente com um comunicado. Afirmam que a charge “fere profundamente os sentimentos dos católicos. O episódio ofereceu aos leitores daquele jornal uma mensagem distorcida e inaceitável”.
Os Bispos pedem aos agentes da mídia que mantenham a devida distância entre as esferas religiosa e política: não se pode misturar nomes políticos com imagens próprias de religiões.
A mobilização e o nível de sensibilidade demonstrados pelos setores cristãos e não cristãos, observam nossas fontes, é todavia um sinal do pluralismo e da liberdade de expressão na maior democracia do mundo: a Igreja pôde elevar sua voz, protestando contra uma atitude ofensiva para a consciência de milhares de fiéis. Nota-se, enfim, que setores hinduístas liberais e progressistas da sociedade indiana compartilham o espírito desta denúncia e criticam a atitude indelicada e desrespeitosa do jornal. (PA) (Agência Fides 27/5/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network