http://www.fides.org

Ciência e Medicina

2004-05-17

AMÉRICA - 40 milhões de pessoas imunizadas em todo o Continente, graças a uma campanha de vacinação promovida pela Organização Pan-Americana de Saúde

Roma (Agência Fides) - Os primeiros dados indicam que a campanha de vacinação promovida pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPS), obteve um sucesso enorme em toda a América. O país mais pobre do continente, o Haiti, deu o exemplo, vacinando 150 mil crianças, 20% das quais nunca haviam sido vacinadas antes.
A campanha, realizada entre 24 e 30 de abril passado, sob a coordenação da OPS, uniu pela primeira vez todos os países do continente numa iniciativa comum, com o fim de imunizar 40 milhões de pessoas: adultos, crianças, mulheres em idade fértil e grupos de risco.
Em Santo Domingo, foram vacinadas cerca de 800.000 crianças contra rubéola e sarampo, e mais de um milhão contra a poliomielite.
Em alguns países, a campanha prosseguiu além da data estabelecida, para alcançar objetivos específicos. Por exemplo, em El Salvador, a vacinação contra rubéola e síndrome congênita de rubéola prossegue. No Peru, um milhão de mulheres em idade fértil, entre 16 e 20 anos, receberam a vacina contra rubéola e sarampo; 400.000 mulheres entre 15 e 49 anos contra a difteria e tétano, e mais de 400.000 crianças contra 10 doenças. Em 10 dos 14 distritos sanitários do Panamá foram vacinadas 2.600 crianças com menos de um ano, 6.409 crianças de 1 a 4 anos e 17.019 mulheres em idade fértil. No total, a campanha foi realizada em 18 áreas de fronteira de todo o continente.
A OPS nasceu em 1902 e é a organização sanitária pública mais antiga do mundo. É a Divisão Regional para as Américas da Organização Mundial da Saúde, e trabalha com os países para melhorar a saúde e incrementar a qualidade de vida de seus habitantes. (AP) (17/5/2004 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network