http://www.fides.org

America

2004-05-06

AMÉRICA/EUA - “Vou lutar contra quem quiser retirar os crucifixos das aulas”, afirma o Imã Yahya Hendi, capelão muçulmano da Georgetown University

Roma (Agência Fides)- “Estou convencido de que o crucifixo seja um importante símbolo religioso para toda a humanidade. Por isso, sou contrário em retirá-lo dos locais da Universidade de Georgetown.” Esta é a declaração, feita no dia 5 de maio, do Imã Yahya Hendi, capelão muçulmano da Georgetown University de Washington, DC, em encontro com a imprensa de Roma. A Universidade católica de Georgetown é a primeira universidade norte-americana a contratar um capelão muçulmano. “Em Georgetown, existem estudantes de todas as religiões. Alguns católicos se perguntam se seja justo retirar os crucifixos como sinal de respeito pela fé dos outros. Como muçulmano, eu não tenho nenhum problema em trabalhar em uma aula com o crucifixo; pelo contrário, estou pronto a lutar para que o símbolo permanece no seu lugar”, afirmou o Imã Yahya Hendi.

No final do encontro, o Imã dirigiu um apelo aos jornalistas: “Vocês têm a responsabilidade de dar esperança às pessoas. Dêem esperança a seus leitores. Sem a esperança, é difícil construir um mundo melhor”. (L.M.) (Agência Fides 6/5/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network