http://www.fides.org

Asia

2004-04-28

ÁSIA/CORÉIA DO SUL - Mensagem de um Bispo para o “Dia do Trabalho”

Seul (Agência Fides) - Desemprego, trabalho negro, regulamentação dos imigrados: são os problemas que afligem a sociedade coreana, e aos quais a Igreja tenta dar a sua contribuição, à luz dos valores propagados pela Doutrina Social da Igreja. É o que afirma Dom Boniface Choi Ki-san, Bispo de Incheon, em uma mensagem para o “Dia do Trabalho”, que se celebra em sua diocese com orações e várias manifestações.
A mensagem, intitulada “Qualquer coisa fizeres a um destes pequenos, o fazes a mim” (Mt 25,40), destaca as questões mais importantes ligadas ao mercado de trabalho e relativas à atual situação econômica e social na Coréia do Sul.
O Bispo sublinha que “o desemprego que priva o povo do direito ao trabalho é uma verdadeira violação à dignidade humana”; e afirmam que a “a Igreja deve dedicar uma atenção pastoral específica aos jovens sem trabalho”. Eles representam a esperança do país, e correm o risco de se tornar uma geração depressa e melancólica.
Segundo observadores, a vitória do Partido liberal-progressista Uri, nas recentes eleições, deveu-se à atenção reservada pelos eleitores aos problemas relativos a economia, como o combate ao desemprego e um maior impulso ao mercado de trabalho. (PA) (Agência Fides 28/4/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network