http://www.fides.org

Dossiê

2004-04-03

EUROPA (ÁREA BALCÂNICA) - Guerras civis, crises econômicas e mudanças políticas são causas do aumento da difusão do vírus Hiv/Aids

Roma (Agência Fides) - A Organização Internacional para os Imigrantes (IOM) e o Unicef publicaram o relatório “Panorâmica sobre o Hiv/Aids no Sudeste da Europa”.
Entre os motivos de maior preocupação, está o deslocamento contínuo das populações, trabalhadores, refugiados e vítimas de tráficos comerciais e sexuais. Em especial, o relatório chama a atenção para o número de medidas preventivas nas quais concentrar-se, em todos os planos de ação nacional, sobre o Hiv/Aids, em particular os jovens entre 10 e 24 anos de idade. Entre estas, prevê-se campanhas de informação entre grupos de maior risco, programas para melhorar as condições de vida, serviços sanitários juvenis, e atenção particular às necessidades da população móvel. O relatório evidencia também o fato que, vista a atual reduzida incidência de casos, o empenho político do País em ações de prevenção é relativamente escasso. Outros grupos considerados “de risco” são os mais jovens, que vivem sem alguma assistência familiar, e as minorias étnicas.
Na Albânia, quase 40% da população têm menos de 19 anos, a metade das clínicas não funciona, e somente 5% da população sexualmente ativa usa precauções. O Programa Nacional sobre a Aids acredita que os casos registrados até o momento representem somente uma pequena parte.
Todavia, a prevenção contra a Aids deve ter prioridade absoluta nos programas dos Governos e seus parceiros, antes que a doença se expanda completamente no país. (AP/CAFOD) (3/4/2004 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network