http://www.fides.org

Dossiê

2004-04-03

EUROPA/ITÁLIA - “FAMILIES FOR ÁFRICA”: o programa da UNESCO para reduzir a progressão da doença em mulheres em idade fértil, mas sobretudo para prevenir a transmissão vertical do vírus HIV causada pelo parto e a amamentação materna

Roma (Agência Fides) - O Projeto “Families for África” nasceu da exigência de enfrentar a grave ameaça do Hiv/Aids e de seu impacto nas famílias da África Ocidental, destrutivos como uma guerra. Ativado pela UNESCO em julho de 2002, graças a um financiamento do Governo italiano, durará até dezembro de 2004, e envolve numerosas instituições científicas internacionais. O objetivo é contribuir para a redução da progressão da doença em mulheres de idade fértil, mas principalmente prevenir a transmissão vertical do vírus HIV, causada pelo parto e pela amamentação materna.
Com este objetivo, os dois descobridores do vírus da Aids, o Prof. Montagnier (World Foundation for AIDS Research and Prevention, Parigi) e o Prof. Gallo (Institute of Human Virology dell’Università de Baltimora), estipularam uma colaboração científica com a Universidade de Tor Vergata (Prof. V. Colizzi) e o Hospital Bambino Gesù (Prof. P. Rossi e G. Castelli Gattinara). Graças a ela, foi elaborada uma vacina composta por substâncias de um subtipo de Hiv presente na África Ocidental. O Hospital St. Camille e a Cátedra de Genética Molecular da Universidade de Uagadugu (Burkina-Fasso) comprometeram-se em apoiar o projeto de desenvolvimento da vacina. Suas instituições têm uma longa tradição de colaboração médico-científica com a Cooperação Italiana. Em especial, há tempos está em curso, no Hospital St. Camille, a atividade de prevenção da transmissão do Hiv, através de um tratamento com nevirapina para mães e crianças.
Os objetivos principais do Projeto são a elaboração de uma vacina pediátrica, a realização de programas de training em breve e em longo prazos do pessoal sanitário local, a transferência de tecnologias, a promoção da atividade de pesquisa e o desenvolvimento de sistemas informativos e de conhecimento para as famílias.
Acordos de colaboração envolvem ativamente os governos de Burkina-fasso, Camarões e Costa do Marfim. O projeto prevê a realização de numerosas missões, indispensáveis para realizar e garantir a estrita colaboração entre os centros Africanos, Paris, Roma e Baltimore. (AP/CG) (3/4/2004 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network