http://www.fides.org

Asia

2003-05-06

ÁSIA/VIETNAM - ERA MÉDICO DOS LEPROSOs, DEPOIS SE PERGUNTA: ALÉM DAS FERIDAS, COMO CURAR A SOLIDÃO? E ATUALMENTE É SACERDOTE

Hanói (Agência Fides) – Há dez anos era um médico, hoje é um sacerdote, mas a sua vida permanece sempre a serviço dos pobres, dos marginalizados, dos doentes terminais, de quantos tem necessidade de uma assistência material e de um conforto moral e espiritual.
O doutor Augustinus Nguyen Viet Chung, 48 anos, médico de Ho Chi Minh, conheceu a fé católica há cerca de dez anos e, após um apropriado caminho espiritual e de formação teológica, foi ordenado sacerdote em 25 de março passado, festa da Anunciação de Maria, na Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em Ho Chi Minh no Sul do Vietnam. Foi o Bispo auxiliar de Ho Chin Minh, Joseph Vu Duy Thong quem presidiu o rito de Ordenação, em que participaram 60 pessoas, entre os quais, parentes de Pe. Chung, religiosas e religiosos.
muitas Irmãs da caridade de São Vicente de Paula, que conhecem e trabalham com o doutor Chung, disseram que “a graça de Deus faz milagres: não é comum que um médico possa converter-se e escolher oferecer a sua vida inteiramente ao Senhor”.
Padre Chung lembra ter sido atraído aos estudos de medicina por um missionário estrangeiro que havia escolhido dedicar a sua vida ao serviço dos leprosos. Após ter se diplomado e feito a especialização em dermatologia, fez prática no leprosário estatal de Ben San onde trabalham também algumas irmãs vicentinas. Padre Chung conta-nos: “desenvolvendo o serviço médico, me perguntava: posso curar as feridas dos pacientes, mas como curar a sua solidão e o sentimento de abandono que provam? Depois, conheci a fé católica e encontrei a medicina para a alma dos doentes, isto é, jesus cristo”.
Pe. Chung recebeu o batismo em 1994 e quatro meses depois entrou no noviciado da Congregação Vicentina. “Pela minha conversão – conclui – foi determinante o exemplo das irmãs vicentinas: a sua dedicação e o amor em relação aos leprosos falou ao meu coração”. hoje o padre Chung trabalha no Centro para os doentes terminais de Aids dirigido pelas irmãs vicentinas no distrito de Cu Chi, 45 Km a nordeste de Ho Chi City.(PA) (Agência Fides 6/5/2003)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network