ÁFRICA/TANZÂNIA - Nasce o primeiro Mercado Comum da África

Sexta, 2 Julho 2010

Arusha (Agência Fides) – Entrou oficialmente em vigor em 1o de julho de 2010 o Mercado Comum da Comunidade Econômica da África Oriental (EAC), ao qual aderem Quênia, Tanzânia, Uganda, Ruanda e Burundi.
Segundo estabelecido no acordo alcançado em novembro de 2009 em Arusha (Tanzânia), sede da EAC, os 5 países da África centro-leste criaram o primeiro mercado comum do continente, que prevê a livre circulação de pessoas, serviços, mercadorias e capitais entre os participantes.
De acordo com o Ministro queniano para a integração regional, o mercado comum será plenamente operativo somente em 2015, pois ainda é preciso harmonizar as diversas legislações nacionais.
O próximo passo é a criação da União Monetária. Até dezembro deste ano, os Bancos Centrais nacionais dos cinco países membros da Comunidade devem criar um mecanismo que facilite o câmbio no contexto da EAC. Atualmente, quando um residente de um país da Comunidade vai a um dos Estados parceiros, usa, em geral, moedas estrangeiras (dólar ou euro). Segundo os acordos de Arusha estabelecidos pelos governadores dos Bancos Centrais dos 5 Estados da EAC, a partir de janeiro de 2011, será possível utilizar a própria moeda em outro Estado da Comunidade. Quer-se criar um sistema que facilite os pagamentos no interno da EAC.
A criação da área de livre comércio dentro da EAC despertou a atenção dos parceiros externos. A Turquia visa negociar com a Comunidade um acordo de livre comércio e um acordo-quadro para facilitar os investimentos. A partir de 28 de setembro de 2010, em Dar es Salaam, capital da Tanzânia, está também programado um fórum de negócios entre a Turquia e a EAC.
(L.M.) (Agência Fides 2/7/2010)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network